La la Land - Cantando estações

Olá leitoras, tudo bem com vocês? O post de hoje eu vou falar de um filme que eu assisti em Janeiro eu fiquei encantada do início ao fim: la la land - cantando estações. O filme que obteve 14 indicações ao Oscar e que realmente conquistou meu coração.

 



O filme conta a história de Mia (Emma Stone) uma aspirante a atriz e Sebastian (Ryan Gosling) um pianista de jazz, que se conhecem e se apaixonam em Los Angeles. Eles se conhecem no momento em que Sebastian está tocando uma improvisação de jazz e é demitido por isso, ele é extremamente grosso com ela ao ir embora.

Depois Mia o vê tocando em uma banda dos anos 80, numa pool party, e provoca ele escolhendo uma música que o irrita profundamente. Ao final da festa os dois vão juntos até o carro de Mia, onde começa a química, os conflitos e a melhor música de todas. 

Devo confessar que no momento que eu comecei a ver o filme eu sabia que tinha de ter o DVD em casa pra ver quantas vezes eu quiser, a trilha sonora foi outra coisa que me conquistou bastante. E quando Mia e Sebastian cantam juntos você percebe a anaturalidade e a química real que tem entre eles, não parece uma produção ali (aliás uma produção mais que perfeita). 

O primeiro encontro oficial deles é no cinema, Mia sai de um encontro com seu namorado para ir atras de Sebastian, e devo dizer que foi uma das cenas mais lindas e românticas do filme. No final do encontro eles vão até o planetário e tem seu primeiro beijo. 

Mia e Sebastian ficam juntos, compartilham seus sonhos um com o outro. Ele quer tocar o jazz (clássico e original) em seu próprio clube de jazz, ela quer finalmente ser reconhecida e se tornar atriz. Eles vão morar juntos e continuam sonhando. Repito aqui o amor inconsequente que há entre eles, onde se entregam de verdade abrindo mão de tudo para se corresponderem. 

Mia escreve uma peça de uma mulher só, a vida vista de seu quarto. Sebastian entra para uma banda de jazz pop para ter uma fonte de renda melhor e fixa. Só que eles começam a entrar em conflito, Mia percebe que a música não é aquela que Sebastian realmente quer tocar e confronta ele quanto a seu sonho. Depois de uma briga e muitas audições fracassaras Mia apresenta sua peça e quase ninguém aparece, inclusive Sebastian está em uma sessão de fotos, então ela volta para a casa dos pais em Nevada. 

Preciso dizer que esse filme me encantou e me emocionou de verdade, você rir, chora, rir de novo e chora e por aí vai. Eu fiquei torcendo por eles o filme inteiro, pelos sonhos e pra eles ficarem juntos. Não vou dar spoilers, mas saibam que é surpreendente, pelo menos eu não esperava de jeito nenhum. 

Outra coisa que me chamou atenção no filme foram as cores e o figurino, cores presentes que ganham vida no filme, pra completar a fantasia que se cria no filme. O filme me atingiu muito por identificação, pode ser claramente percebido que a realidade deles e as suas frustrações são como as nossas, não é só mais um romance onde tudo é sempre flores, há ganhos e perdas em qualquer situação. 

Espero que tenham gostado e que estejam loucos para ver o filme. 
Beijos e até o próximo post 💜

Comentários