Uma noite no hostel

Quem me conhece sabe que não combino com viagens estilo mochileiro, tanto pelo dinheiro quanto pela visão de carregar consigo somente o necessário. Gosto de viajar sem abrir mão do conforto e da grana curta, se não for assim eu nem vou. Quem sabe um dia ainda vivo a experiência de ser uma mochileira na Europa, por enquanto fico com minha experiência de uma noite. 

Quando cheguei em Madrid estava de madrugada e o check in no meu hotel só estaria disponível a partir das duas da tarde, então resolvi dormir em um hostel, mais precisamente no mola hostel. Peguei um táxi da estação de ônibus até o hostel, paguei 16 dólares e em menos de cinco minutos estava a caminho do meu quarto, que compartilharia com outras sete pessoas. 

Sempre associei hostel com um lugar lotado de gente, um banheiro completamente nojento é uma cama dura. Aparentemente eu tenho uma imaginação bem fértil, não é nada disso. Cheguei no quarto e todos estavam dormindo, só havia meninos ali, mas estava tudo muito limpo, camas confortáveis e organizadas, no quarto havia um banheiro cheiroso e limpinho. Gostei. 

Acomodei minhas duas malas enormes e minha bolsa ao lado de algumas mochilas pequenas e subi no beliche para dormir, comecei a reparar que ali era um quarto de oito pessoas, havia vários chinelos no chão, toalhas estendidas, mochilas no canto, uma escrivaninha com cadeira e um cabideiro. Estava tudo organizado, percebi que aquelas pessoas confiavam umas nas outras, até eu mesma porque deitei e deixei minha bolsa aberta, nunca que iria descer pra fechar. 

Acordei cedo algumas horas depois para aproveitar ao máximo Madrid, a maioria ainda dormia, havia ali diferentes pessoas de diferentes lugares. É uma ideia legal de de ficar em um hostel, fazer amigos, ter companhia para passear, conhecer culturas diferente. O que é completamente complicado para mim, já que não consigo nem dar um oi pra uma pessoa desconhecida, mas pra quem gosta vai lá que vale a pena. 

Minha experiência no hostel se resume a uma noite, mais precisamente quatro horas de estadia, 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Nome do seu Blog - 2016 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo